Coronavírus

Direção de Finanças da Guarda fecha devido à covid-19

Handout .

Edifício vai ser desinfetado.

Especial Coronavírus

A Direção Distrital de Finanças da Guarda fechou ontem depois de um funcionário testar positivo à covid-19.

O serviço localizado no antigo quartel da cidade já tinha a esmagadora maioria dos funcionários em teletrabalho, mas os 10 ou 12 que desempenhavam funções presencialmente, nomeadamente no atendimento ao público, foram forçados a permanecer em casa.

Ficaram em isolamento para testagem e também para se proceder à desinfeção do edifício, o que vai acontecer, previsivelmente, no sábado.

Já depois do primeiro teste positivo na Direção de Finanças, houve um segundo trabalhador, neste caso do serviço de inspeção, que também confirmou ter contraído o vírus.

Apurou a SIC que, na próxima segunda-feira, dia em que deverá entrar em vigor o segundo período do Estado de emergência, o atendimento ao público volta a ser assegurado com funcionários que a Autoridade Tributária mantinha em teletrabalho.

Como se trata de um serviço público, a empresa de segurança está na instituição, mas não há ninguém que assegure o expediente.

  • O primeiro dia de Web Summit 

    Web Summit

    Acompanhe aqui as palestras do palco principal. Neste primeiro dia, passam pelo palco nomes como Paddy Cosgrave, CEO e fundador da Web Summit, o primeiro-ministro António Costa, Ursula von der Leyen, presidente da Comissão Europeia, ou a atriz Gwyneth Paltrow.

    Em Direto

    SIC Notícias