Coronavírus

Bombeiros do Porto ameaçam com protesto. Queixam-se do aumento dos custos com a pandemia

As corporações de bombeiros do distrito do Porto decidiram fazer contas e chegaram a uma conclusão.

Saiba mais...

A Federação dos Bombeiros do distrito do Porto pondera avançar com um protesto e ameaça estacionar algumas ambulâncias à porta do INEM.

Os bombeiros garantem que o aumento dos custos provocados pela pandemia está asfixiar financeiramente as associações e exigem a revisão imediata do protocolo com o INEM.

Acusam ainda o Instituto Nacional de Emergência Médica de ter proibido de forma unilateral alguns colaboradores de acumularem a função de bombeiro voluntário.

Contactado pela SIC, o INEM garante que a revisão do protocolo está em curso. Quanto à proibição de acumular funções, a instituição lembra que isso já aconteceu entre março e junho