Coronavírus

Estado de Emergência. Autarcas de Ovar, Batalha e S. Brás de Alportel descontentes

Autarcas falam em consequências negativas para a economia.

Especial Coronavírus

121 concelhos do país estão na lista de risco de contágio e, por isso, têm medidas mais restritivas. Muitos autarcas estão descontentes com as restrições. Faltam de um impacto económico negativo para os municípios.

O Presidente da Câmara de Ovar, Salvador Malheiro, sugere um novo confinamento e diz que houve falta de planeamento.

"Estamos a perder tempo", considera Salvador Malheiro.

O autarca da Batalha, Paulo Santos, critica também a falta de planeamento e tem dúvidas sobre a eficácia das medidas restritivas apenas a nível local. O concelho tem 33 casos positivos.

O Presidente da Câmara de São Brás de Alportel, Vítor Guerreiro, com os 37 casos positivos circunscritos, fala numa injustiça histórica. É o único concelho do Algarve considerado de risco elevado.

"A economia precisa de ajuda", acrescenta o autarca.

Veja também: