Coronavírus

Falhas, avanços e recuos. Como tem sido a comunicação do Governo sobre a pandemia

Presidente da República apontou falhas na comunicação.

Especial Coronavírus

A comunicação das medidas do Governo nem sempre tem sido clara. No último Conselho de Ministros, no sábado, foi o caso das exceções às restrições.

Por exemplo, o primeiro-ministro disse que não estavam previstas exceções, no entanto, logo a seguir, o gabinete informou que haveria.

Na gestão desta segunda vaga, há várias falhas e recuos na mensagem de combate à pandemia que é dirigida aos portugueses, como a decisão sobre os mercados e as feiras. Primeiro, a proibição. Depois, o recuo: a decisão sobre a realização passa a ser das autarquias.

O Presidente da República apontou falhas do Governo na forma de comunicar.

Veja também: