Coronavírus

Covid-19. Marcelo aponta falhas na reação à pandemia e defende reforço do multilateralismo

TIAGO PETINGA

Numa curta mensagem gravada em vídeo e transmitida no Fórum da Paz de Paris.

Especial Coronavírus

O Presidente da República defendeu esta quinta-feira que houve falhas em diferentes níveis na reação à pandemia de covid-19 que devem servir de lição para um reforço do multilateralismo e da capacidade de ação.

Numa curta mensagem gravada em vídeo, em francês, e transmitida no Fórum da Paz de Paris, Marcelo Rebelo de Sousa afirmou que houve "falhas, crises na reação, na resposta de várias organizações internacionais, de vários Governos, de várias entidades públicas e privadas".

"É preciso retirar consequências, lições, quer dizer: mais respeito pelos outros, mais multilateralismo, mais compreensão, solidariedade, mais liberdade de expressão e liberdade religiosa, mas ao mesmo tempo capacidade de ação, dos governos, das organizações internacionais, de entidades públicas e privadas", defendeu.

O chefe de Estado acrescentou que "é preciso outro mundo, um mundo de paz".

"Essa paz é feita de mulheres e de homens, solidários, unidos, para além das divergências e das diferenças. Nós somos uma só humanidade", concluiu Marcelo Rebelo de Sousa, nesta mensagem em vídeo de um minuto e meio, gravada a partir do Palácio de Belém, em Lisboa.

O Fórum da Paz de Paris, lançado pelo Presidente francês, Emmanuel Macron, tem reunido anualmente chefes de Estado e de Governo e representantes de organizações internacionais e da sociedade civil. Esta é a sua terceira edição, com um formato virtual, devido à pandemia de covid-19.

Marcelo Rebelo de Sousa esteve presente na primeira edição, em 2018, em Paris, que coincidiu com as comemorações do centenário do armistício da I Guerra Mundial.