Coronavírus

Surto de covid-19 na prisão de Lisboa: 65 reclusos e dois funcionários infetados

900 reclusos e 240 trabalhadores serão testados. 

Especial Coronavírus

Pelo menos 65 reclusos e dois funcionários da prisão de Lisboa estão infetados com o novo coronavírus. Toda a população prisional, cerca de 900 reclusos e 240 trabalhadores, será agora testada.

Os reclusos infetados estão separados dos restantes, em isolamento e sob vigilância numa ala à parte, agora transformada em enfermaria. As visitas foram suspensas, com exceção das dos advogados.

Os serviços prisionais referem que o doente zero foi um funcionário da cadeia, que terá desencadeado o surto atrás das grades, infetando ao início seis reclusos que estavam na enfermaria.

  • 3:09