Coronavírus

Sabe o que fazer com a máscara descartável depois de a usar?

Demoram cerca de 300 a 400 anos a degradar-se.

Especial Coronavírus

Em Portugal, as máscaras descartáveis continuam a não ser colocadas corretamente no lixo. Para travar o uso destas máscaras, o Governo lançou uma campanha de sensibilização.

Por mês, são usadas cerca de 150 milhões de máscaras descartáveis em Portugal. Um número que preocupa o Ministério de Ambiente. A secretária de Estado do Ambiente, Inês Costa Santos explica que se apenas 1% forem descartadas, são seis toneladas de plástico, todos os meses, a “ir parar ao nosso sistema natural”.

“Estamos a falar de contaminação de rios, ribeiras mares e solos. Demoram cerca de 300 a 400 anos a degradar-se, ou seja, vão ficar cá para sempre praticamente”.

Para acabar com estes cenários, o Governo lançou uma campanha de sensibilização na semana europeia de prevenção de resíduos que visa, sobretudo, travar o uso de máscaras descartáveis, que depois de usadas devem ser sempre colocadas no contentor do lixo comum.

A produção de resíduos aumentou em comparação com o ano passado. O confinamento e uso de máscaras descartáveis são razões que justificam este aumento.

Veja também: