Coronavírus

70 autocarros turísticos vão reforçar a oferta do transporte ferroviário na Área Metropolitana de Lisboa

A medida permite retirar dezenas de trabalhadores do lay-off, depois de terem estado 8 meses sem trabalho.

Especial Coronavírus


Os autocarros que habitualmente estavam dedicados ao turismo reforçam agora os serviços da CP, Fertagus e Metro Transportes do Sul nas horas de ponta e nos trajetos mais utilizados.

Esta medida é particularmente importante para os operadores turísticos, que ficaram sem trabalho devido à falta de atividade turística, causada pela pandemia

A utilização deste serviço esta manhã foi baixa no reforço da fertagus e metro transportes do sul a partir da estação do pragal devido à falta de divulgação do serviço.

As novas medidas do estado de emergência e a obrigatoriedade do teletrabalho também podem explicar a fraca adesão.

Este reforço foi decidido pelo Governo em conjunto com a Área Metropolitana de Lisboa.

O objetivo é evitar a sobrelotação dos comboios nas horas mais concorridas.

Na linha de Sintra há um reforço durante a manhã entre as estações do Cacém e da Amadora, e as estações do metro da Pontinha, Sete Rios e Entrecampos.

Na travessia do Tejo pela ponte 25 de Abril, há um reforço da oferta entre o Pragal e as estações do metro de Sete Rios e Entrecampos, nas horas de ponta da manhã e do final da tarde.

Está também previsto um reforço com autocarros turísticos para o Porto, mas ainda não se sabe quando vai começar.

  • 1:16