Coronavírus

Casos de Covid-19 voltam a disparar na Universidade de Aveiro

Facebook UA

Foi ultrapassada a barreira dos 300 contágios.

Especial Coronavírus

A Universidade de Aveiro (UA) ultrapassou a barreira dos 300 contágios pelo novo coronavírus, depois de nos últimos dois dias terem sido registadas mais 22 infeções por SARS-CoV-2, informou hoje fonte académica.

De acordo com a mesma fonte, em cada um dos últimos dois dias, as autoridades de saúde registaram 11 infeções pelo novo coronavírus na comunidade UA, elevando para 61 o número de casos ativos naquela instituição de ensino.

Desde que foi detetado um surto na UA, há quase dois meses, foram registadas 305 infeções entre alunos, professores e funcionários, sendo que 244 pessoas já recuperaram da doença, havendo um doente hospitalizado.

Os primeiros casos de covid-19 na UA surgiram em 07 de outubro, um dia depois do início das aulas naquela instituição de ensino superior.

Na altura, a Reitoria informou que havia 15 alunos infetados de nacionalidade espanhola que estavam a frequentar a UA ao abrigo do programa Erasmus.

De acordo com a mesma fonte, o contágio teria ocorrido na semana anterior, num evento externo à Universidade.

A pandemia de covid-19 provocou pelo menos 1.415.258 mortos resultantes de mais de 60 milhões de casos de infeção em todo o mundo, segundo um balanço feito pela agência francesa AFP.

Em Portugal, morreram 4.127 pessoas dos 274.011 casos de infeção confirmados, de acordo com o boletim mais recente da Direção-Geral da Saúde.

A doença é transmitida por um novo coronavírus detetado no final de dezembro de 2019, em Wuhan, uma cidade do centro da China.

JDN // JAP

Lusa/Fim