Coronavírus

Covid-19. Cordão sanitário na vila de Rabo de Peixe, em São Miguel

A partir das 24:00 desta quarta-feira.

Saiba mais...

A vila de Rabo de Peixe em São Miguel vai estar isolada por um cordão sanitário a partir das 24:00 desta quarta-feira. Devido ao aumento do número de casos, as autoridades vão testar em massa toda a população da freguesia, que é agora a mais afetada dos Açores.

Durante seis dias, circular ou permanecer na rua sem justificação passa a ser proibido. As escolas estão encerradas e os cafés e as lojas vão poder estar abertos, mas têm de fechar às 20:00. Sair da vila só com autorização escrita ou em casos de força maior.

O cordão sanitário anunciado pelo Governo regional vai servir para conter a propagação do vírus, mas sobretudo para testar em massa os quase 10 mil habitantes da vila. Dezenas de enfermeiros vão ser destacados para proceder à testagem da população.

As autoridades garantem que os casos positivos que venham a ser detetados poderão ser encaminhados para um hotel caso não tenham condições para cumprir o isolamento em casa.

  • Confidentes de alunos e cúmplices de professores: o braço contínuo

    País

    Chamam-lhes “funcionários” porque funcionam. A expressão até parece sugerir que eles são os únicos que “funcionam”, dentro de uma escola. Acalmem-se os tolos. Significa apenas que os “assistentes operacionais”, ou “auxiliares de ação educativa”, títulos mais pomposos do que “contínuos” – expressão que estimo muito - são pau para toda a colher.

    Opinião

    Rui Correia