Coronavírus

Linha telefónica de apoio psicológico já recebeu 47 mil chamadas desde o início da pandemia

Quase quatro mil foram de profissionais de saúde.

Especial Coronavírus

A pandemia virou vidas do avesso, trouxe incertezas quanto ao futuro e uma crise sem precedentes, não só na economia, mas também na saúde mental dos portugueses.

O Serviço Nacional de Saúde, um mês depois do registo do primeiro caso de covid-19, criou uma linha telefónica de apoio psicológico. Até agora recebeu mais de 47 mil chamadas e quase quatro mil foram de profissionais de saúde.

A par dos pedidos de ajuda, também se verificou um aumento no número de consultas de psiquiatria, desde os mais jovens aos mais adultos.

Segundo um estudo realizado pelo Instituto de Psicologia Clínica e Forense, numa fase inicial da pandemia, quase metade dos portugueses sentiu um impacto psicológico significativo, onde a depressão, ansiedade e stress foram as causas mais frequentes.

Com o vírus a continuar nos próximos tempos no nosso quotidiano, estima-se que pelo menos 40% da população portuguesa seja afetada psicologicamente pela pandemia.