Coronavírus

Covid-19 pode tornar-se a segunda causa de morte no México, ultrapassando a diabetes

Marco Ugarte

País registou 800 mortos e 11.251 infetados nas últimas 24 horas.

O México registou 800 mortos e 11.251 infetados com o novo coronavírus nas últimas 24 horas, informaram as autoridades de saúde.

O número de óbitos desde o início da pandemia de covid-19 subiu para 107.565 e o de casos para 1.133.613.

O México continua a ser o 11.º país com mais infeções e o quarto com mais mortes em números absolutos, segundo a Universidade Johns Hopkins.

Além disso, com quase 820 mortes por milhão de habitantes, é o 10.º país com mais mortes em proporção à população.

A covid-19 pode tornar-se a segunda causa de morte no país, ultrapassando a diabetes, que no ano passado causou a morte de 104.354 mexicanos, segundo o Instituto Nacional de Estatística e Geografia (Inegi), que ainda não atualizou os seus números de 2020.

  • A árdua experiência com a sustentabilidade 

    Mundo

    E se alguém lhe dissesse que passaria a viver num quarto, com eletricidade apenas para pequenos utensílios domésticos, sem aquecimento central, ar condicionado ou água quente. Teria apenas três conjuntos de roupa, sem máquina de lavar ou secar, faria dieta local sem produtos de origem animal e não andaria de automóvel nem de avião?

    Opinião

    João Abegão