Coronavírus

Covid-19. Detetado surto em lar do concelho de Nelas

DR

Utentes estão assintomáticos.

Saiba mais...

O lar da Fundação Lopes da Fonseca, no concelho de Nelas, tem 52 dos seus 80 utentes com covid-19 e uma equipa especializada dos bombeiros voluntários irá esta sexta-feira desinfetar todas as instalações, informou o presidente da autarquia.

Em comunicado, José Borges da Silva explica que os utentes do lar, situado na freguesia de Lapa do Lobo, se encontram assintomáticos e foram testados na sequência de diagnósticos positivos a colaboradores no "início do seu turno de trabalho de sete dias".

Este turno, rotativo, era "há muito praticado em termos de prestação de trabalho, tendo-se revelado um método eficaz no controle da pandemia", conta o autarca, lembrando que foi até aconselhado pelas autoridades de saúde.

"Os utentes foram, de imediato, separados em instalações completamente diversas", realça.

José Borges da Silva explica que as refeições e os serviços de lavandaria passaram a ser assegurados "por empresas exteriores ao lar, minimizando qualquer efeito de contágio interno ou externo e libertando recursos humanos para apoio aos utentes, especialmente neste período de grande dificuldade".

"Os serviços de apoio médico e de enfermagem foram já reforçados no sentido de garantirem os melhores cuidados de saúde, sendo que todas as instituições ligadas à área da saúde, locais e regionais, se encontram mobilizadas para esta situação", assegura.

O autarca explica ainda que o controle desta situação "vai fazer-se exclusivamente no interior das instalações da Fundação Lopes da Fonseca, amplas e adequadas para o efeito, com o apoio eventual de unidades hospitalares, caso haja necessidade," e que, por agora, não é necessário usar a Zona de Concentração de Apoio à População Covid-19, que tem 50 camas e está instalada na sede da Associação de Santo António.