Coronavírus

Covid-19. Sindicato avisa que não existem enfermeiros suficientes para cumprir plano de vacinação 

Governo admite mais profissionais.  

Saiba mais...

O Governo admite contratar mais enfermeiros e outros profissionais de saúde para responder à vacinação contra a covid-19, estando também a avaliar a hipótese de alargar os horários de funcionamento dos centros de saúde.

Os 40 mil enfermeiros do Serviço Nacional de Saúde podem não chegar para responder à primeira fase de vacinação, que arranca em janeiro. Cerca de 3,6 milhões de pessoas poderão ser vacinadas na primeira e segunda fase.

O Sindicato dos Enfermeiros avisa que não existem enfermeiros suficientes em Portugal para cumprir o Plano Nacional de Vacinação anunciado pelo Governo e pede a contratação urgente de mais profissionais.