Coronavírus

Covid-19. Decretados novos confinamentos em São Francisco e Los Angeles

Na última semana, houve mais de 2.000 mortos e quase 200.000 novos casos por dia.

Saiba mais...

No mundo, a semana passada ficou marcada por uma semana trágica nos Estados Unidos. Houve mais de 2.000 mortos e quase 200.000 novos casos por dia.

Em São Francisco, o fim de semana foi de despedida da normalidade. Bares e restaurantes encheram-se para os últimos convívios antes do novo confinamento decretado para toda a área da Baía desta cidade da Califórnia. Mais a sul há também um novo confinamento em onze condados de Los Angeles.

No vizinho México, a população da capital onde vivem mais de 22 milhões de pessoas, ignorou apelos oficiais para travar o contágio. Contra as recomendações para evitar ajuntamentos, saiu à rua, em peso, para as compras e celebrações natalícias.

No Médio Oriente, é certo que este ano não haverá quase peregrinos em Belém. Mas na cidade da Cisjordânia onde, reza a tradição, nasceu Jesus, a Autoridade Palestiniana inaugurou na mesma as celebrações natalícias. Foram acesas as luzes do Pinheiro de Natal na Praça da Manjedoura.

Na China, onde foi declarado oficialmente há quase um ano o primeiro caso de Covid-19, o Governo dá a pandemia como controlada. Em Pequim os números deste domingo são de zero mortes e dezoito novas infeções.

  • O exemplo inglês 

    Opinião

    Na década de oitenta, as tragédias de Heysel Park primeiro e de Hillsborough depois, atiraram a credibilidade do futebol inglês para a sarjeta.

    Duarte Gomes