Coronavírus

Doze empresas madeirenses doam mais de 1,7 toneladas a Banco Alimentar

O projeto foi criado em 1992

Pedidos de ajuda ao Banco Alimentar da Madeira aumentaram consideravelmente a partir de abril.

Saiba mais...

A 'Operação Tonelada de Natal' arrecadou 1.773 kg de produtos alimentares doados por 12 empresas, com o intuito de apoiar o Banco Alimentar da Madeira a dar resposta ao número crescente de pedidos de ajuda, informou a instituição.

A responsável pelo Banco Alimentar (BA) contra a Fome da Região Autónoma da Madeira, Fátima Aveiro, em declarações à agência Lusa, enalteceu a atitude "louvável" deste grupo empresas, que também estão a passar por dificuldades.

Destacou ainda o problema causado pelo "número crescente de desemprego", situação que contribui para a importância da urgência em "acudir" a quem se vê "sem rendimentos" nesta altura de dificuldades agravada pela crise da pandemia da covid-19.

"Esta foi uma iniciativa importante. Nós precisamos de muitos alimentos, porque ainda não sabemos como é que esta situação da covid vai evoluir. Com muita gente a ficar desempregada e sem rendimentos, naturalmente que nós temos de acudir", vincou.

Fátima Aveiro revelou que tudo começou com "um desafio", lançado por um colaborador habitual, a um grupo de empresários, que, sensibilizados pelo momento delicado que a economia atravessa, uniram esforços e arrecadaram os bens alimentares.

A responsável pelo BA da Madeira assume que os pedidos aumentaram consideravelmente a partir de abril, ultrapassando os "1000%" em relação aos apoios prestados antes da pandemia de covid-19.

Os bens alimentares que chegam ao BA são distribuídos por várias instituições da região que, posteriormente, os fazem chegar às famílias carenciadas, enfatizou.

Mas, apesar desta contribuição de 'peso', Fátima Aveiro sublinha a importância de "aumentar o número de doações" para fazer frente aos inúmeros pedidos.

O Banco Alimentar da Madeira apoia atualmente 8.500 famílias na Região Autónoma da Madeira, disse.

Número de casos na Madeira

Os últimos dados revelados no sábado pela Direção Regional de Saúde indicam que a Madeira regista um total de 230 casos ativos, 11 dos quais se encontram internados no Hospital Dr. Nélio Mendonça, no Funchal, contabilizando 869 situações confirmadas nesta região desde o início da pandemia.