Coronavírus

Comércio de rua prejudicado pelas restrições impostas pela pandemia

Comerciantes de Lisboa e de Matosinhos queixam-se de prejuízos avultados após dois fins de semana e dois feriados de restrições.

Saiba mais...

Os comerciantes da Grande Lisboa esperam que o alívio das restrições em seis concelhos da região ajude a recuperar parte das vendas a partir do próximo fim de semana. Mas, por enquanto, os prejuízos em plena época natalícia são avultados.

Nesta segunda- feira de ponte, os estabelcimentos têm de fechar até às 15:00 da tarde.Mas nos próximos fins de semana, as restrições diminuem, o que dá ânimo aos comerciantes.

Em Coimbra, as dificuldades foram-se acumulando ao longo do ano e nem agora, a poucas semanas do Natal, há sinais de recuperação.

Em Matosinhos, os comerciantes queixam-se da falta de clientes e da falta de apoios do Governo para superar a crise provocada pela pandemia.

A Rua Brito Capelo já foi uma zona comercial de referência do grande Porto, mas nos últimos anos foi ficando fazia de lojas e de clientes.

Agora, com as restrições impostas pela pandemia, a falta de movimento é mais evidente.

Segundo osdados da associação comercial, já fecharam 40 dos 114 estabelecimentos comerciais desta rua de Matosinhos.

  • 1:45