Coronavírus

Covid-19. Bruxelas lança materiais de referência que melhoram testes a anticorpos

Handout .

Permitem avanços na investigação da resposta imunitária.

Saiba mais...

O centro de investigação da Comissão Europeia anunciou esta segunda-feira o lançamento de dois novos materiais de referência que melhoram a qualidade de testes de anticorpos da covid-19, permitindo avanços na investigação da resposta imunitária ao novo coronavírus.

Os dois novos materiais de referência, desenvolvidos pelo Centro Comum de Investigação (CCI) da Comissão Europeia, melhoram a qualidade dos testes usados para verificar se uma pessoa foi infetada pelo coronavírus SARS-CoV-2.

Os materiais de referência permitem aos laboratórios verificar se os testes de anticorpos em uso estão a funcionar corretamente, na medida em que se os laboratórios forem capazes de medir os anticorpos contra a covid-19 presentes no material de referência, são também capazes de medir os anticorpos formados contra o vírus no sangue humano.

Os materiais de referência são também um primeiro passo para assegurar que os resultados obtidos com vários testes são comparáveis.

"O correto funcionamento dos testes de anticorpos é particularmente importante nas investigações epidemiológicas para descrever a prevalência da infeção e na investigação sobre imunidade contra a covid-19. O material de referência desenvolvido pelo CCI é mais uma peça do puzzle que pode apoiar estes esforços", disse a comissária europeia para a Inovação, Investigação, Cultura, Educação e Juventude, Mariya Gabriel.

  • Confidentes de alunos e cúmplices de professores: o braço contínuo

    País

    Chamam-lhes “funcionários” porque funcionam. A expressão até parece sugerir que eles são os únicos que “funcionam”, dentro de uma escola. Acalmem-se os tolos. Significa apenas que os “assistentes operacionais”, ou “auxiliares de ação educativa”, títulos mais pomposos do que “contínuos” – expressão que estimo muito - são pau para toda a colher.

    Opinião

    Rui Correia