Coronavírus

Covid-19. Itália regista número diário de mortes mais baixo num mês

A árvore de Natal iluminada na Piazza Venezia, em Roma, Itália.

CLAUDIO PERI

A pressão sobre os hospitais continua a diminuir.

Saiba mais...

A Itália registou 499 mortes atribuídas à covid-19 nas últimas 24 horas, o número mais baixo desde 9 de novembro, e as novas infeções continuam a diminuir, com 12.756 desde terça-feira, informou o Ministério da Saúde.

O número total de mortes com covid-19, desde o início da pandemia em Itália, é agora 61.739, e o número de pessoas que já foram infetadas de 1.770.149.

Os números diários foram obtidos com menos testes do que o normal, pouco mais de 118.000, como geralmente acontece nos finais de semana ou após feriados, como sucedeu com o 08 de dezembro.

A taxa de positividade no total dos testes foi de 10,8%.

A pressão sobre os hospitais continua a diminuir, existindo atualmente 710.515 pessoas infetadas com o novo coronavírus em Itália, com a maioria a permanecer isolada em casa com sintomas leves ou sem sintomas.

Um total de 32.973 pacientes permanece internado, 453 a menos que na terça-feira, e 3.320 requerem tratamento em cuidados intensivos, 25 a menos.

Nas últimas 24 horas, a região mais afetada foi Veneto (nordeste), com 2.427 casos positivos, seguida por Campânia (sul), com 1.361; Lazio (centro), com 1.297 e Lombardia (norte), com 1.233 infeções.

A Lombardia, que há um mês integrava o grupo de regiões de maior risco, pelo nível de infeções diárias, foi agora classificada como zona de menor risco, devido à significativa melhoria da situação, informou hoje o seu governador, Attilio Fontana .

  • 2:13