Coronavírus

Hospital das Forças Armadas de Lisboa recebeu três ventiladores

Em Portugal já morreram 5.278 pessoas das 335.207 infetadas com o novo coronavírus.

O Hospital das Forças Armadas (HFAR), em Lisboa, recebeu esta quinta-feira três ventiladores, no âmbito do combate à pandemia da doença provocada pelo novo coronavírus, anunciou em comunicado o Estado-Maior-General das Forças Armadas (EMGFA).

De acordo com uma nota divulgada na página na internet do EMGFA, estes três ventiladores foram cedidos pelo Centro de Engenharia e Desenvolvimento (CEiiA) "como forma de reconhecimento pelo esforço e envolvimento das Forças Armadas no combate que Portugal está a travar contra a pandemia".

A entrega destes equipamentos, que são "essenciais no tratamento de situações clínicas mais complexas" de pessoas infetadas como SARS-CoV-2, "vem no seguimento da oferta de uma outra unidade do ventilador Atena" ao HFAR do Porto, que ocorreu em 13 de novembro.

A pandemia já provocou pelo menos 1.570.398 mortos em todo o mundo, resultantes de mais de 68,8 milhões de infeções.

Em Portugal morreram 5.278 pessoas das 335.207 infetadas com o novo coronavírus, de acordo com a informação mais recente da Direção-Geral da Saúde (DGS).

  • A árdua experiência com a sustentabilidade 

    Mundo

    E se alguém lhe dissesse que passaria a viver num quarto, com eletricidade apenas para pequenos utensílios domésticos, sem aquecimento central, ar condicionado ou água quente. Teria apenas três conjuntos de roupa, sem máquina de lavar ou secar, faria dieta local sem produtos de origem animal e não andaria de automóvel nem de avião?

    Opinião

    João Abegão