Coronavírus

Covid-19 em Espanha. Mais de 10.000 casos e 280 mortes em 24 horas

Emilio Morenatti

Primeiro-ministro insiste que não se pode baixar a guarda.

Saiba mais...

A Espanha registou nas últimas 24 horas 10.519 novos casos de covid-19, elevando para 1.730.575 o total de infetados até agora no país, segundo números divulgados pelo Ministério da Saúde espanhol.

As autoridades sanitárias também contabilizaram mais 280 mortes atribuídas à covid-19, passando o total de óbitos para 47.624.

Espanha com 190 casos por 100 mil habitantes nos últimos 14 dias

O nível de incidência acumulada (pessoas contagiadas) em Espanha aumentou esta sexta-feira, depois de várias semanas a baixar, em um caso, para 190 registos diagnosticados por 100.000 habitantes nos últimos 14 dias, sendo as regiões com os níveis mais elevados a do País Basco (276), Cantábria (258) e La Rioja (247).

O primeiro-ministro espanhol, Pedro Sánchez, elogiou esta sexta-feira a forma como a União Europeia (UE) tem lutado contra a pandemia de covid-19 e considerou a estratégia de vacinação delineada como "uma história de sucesso".

Primeiro-ministro sublinha melhoria

Na conferência de imprensa realizada por ocasião da reunião do Conselho Europeu, em Bruxelas, o chefe do executivo espanhol recordou que o país tem vindo a melhorar os seus dados sobre infeções nas últimas semanas, tendo esta semana descido para menos de 200 casos de contágios por 100.000 habitantes em catorze dias.

No entanto, insistiu que não se pode baixar a guarda porque se tem de cumprir os critérios da Organização Mundial de Saúde (OMS) para reduzir esse número para menos de 25.

Nas últimas 24 horas, deram entrada nos hospitais 1.207 pessoas com a doença, das quais 189 em Madrid, 174 na Catalunha e 173 na Andaluzia.

Em todo o país há 11.648 pessoas hospitalizadas com a covid-19, o que corresponde a 9,22% das camas, das quais 2.100 pacientes em unidades de cuidados intensivos, o que corresponde a 21,98% das camas desse serviço, números que estão a decrescer há várias semanas.