Coronavírus

Portugal regista 88 mortes e 4.413 casos de covid-19 nas últimas 24 horas

Rafael Marchante

O último balanço da DGS.

Saiba mais...

Portugal registou nas últimas 24 horas mais 4.413 casos de infeção e mais 88 mortes associadas à doença covid-19, segundo o boletim da Direção-Geral da Saúde deste sábado.

Desde o início da pandemia morreram em Portugal 5.461 pessoas, dos 344.700 casos de infeção confirmados. Foram considerados curados mais 4.805 doentes nas últimas 24 horas, totalizando 268.453.

Há menos 4 doentes internados nas Unidades de Cuidados Intensivos, totalizando 503. Em relação aos internamentos em enfermaria, há menos 137 pessoas internadas, totalizando agora 3.093.

As autoridades de saúde têm em vigilância 73.977 contactos, menos 917 relativamente a sexta-feira, mostram os dados, que apontam para mais 4.805 doentes recuperados.

Das 88 mortes registadas nas últimas 24 horas, 38 ocorreram na região Norte, 26 na região de Lisboa e Vale do Tejo, 21 na região Centro e três no Alentejo.

Segundo o boletim da DGS, a região Norte é a que regista o maior número de novas infeções por SARS-CoV-2 nas últimas 24 horas (2.078), totalizando 180.456 casos e 2.616 mortes desde março.

Na região de Lisboa e Vale do Tejo foram notificados 1.347 novos casos, contabilizando-se até agora 111.982 casos de infeção e 1.889 mortes.
Na região Centro registaram-se mais 738 casos de covid-19, num total de 36.096 e 734 mortos desde março.

Já no Alentejo, foram assinalados mais 130 casos, totalizando 7.743 casos e 141 mortos desde que começou a epidemia em Portugal.

A região do Algarve tem hoje notificados 62 novos casos, somando 6.077 casos e 58 mortos.

Na Região Autónoma dos Açores foram registados 31 novos casos nas últimas 24 horas, somando 1.301 infeções detetadas e 20 mortos desde o início da pandemia.

A Madeira registou 27 novos casos. Desde março, a região autónoma contabiliza 1.045 infeções e três óbitos.

Os casos confirmados distribuem-se por todas as faixas etárias, situando-se entre os 20 e os 59 anos o registo de maior número de infeções.

O novo coronavírus já infetou em Portugal pelo menos 154.947 homens e 189.620 mulheres, referem os dados da DGS, segundo os quais há 133 casos de sexo desconhecido, que se encontram sob investigação, uma vez que estes dados são fornecidos de forma automática.

Do total de vítimas mortais, 2.862 eram homens e 2.599 mulheres.

O maior número de óbitos continua a concentrar-se nas pessoas com mais de 80 anos.

Mais de um terço dos portugueses não quer vacinar-se

Mais de um terço dos portugueses afirmam não querer vacinar-se contra a covid-19 por não acreditarem na eficácia do medicamento que deverá chegar a Portugal em janeiro, segundo um estudo da Eurosondagem hoje divulgado.

À questão "quando houver uma vacina contra a covid-19, acredita nela e vai vacinar-se?", 48,5% dos inquiridos respondem que "sim", 37,2% "não" e 14,3% têm dúvidas, não sabem ou não querem revelar o que farão.

Canva - MarianVejcik

Neste estudo da Eurosondagem para o Porto Canal e o semanário Sol, a maioria dos entrevistados que se opõem à vacina são do sexo feminino (37,2%), contra 36,9% do sexo masculino.

Entre os homens a vacina tem mais apoio (49%) do que entre as mulheres (48%). A Eurosondagem não estratificou as respostas a esta questão por grupos etários.