Coronavírus

Covid-19. Turquia anuncia recolher obrigatório durante o Ano Novo

MURAT KULA/TURKISH PRESIDENTIAL PRESS OFFICE HANDOUT

Esta medida entra em vigor na noite de 31 de dezembro e permanece até à manhã de 4 de janeiro.

Saiba mais...

O Presidente da Turquia, Recep Tayyip Erdogan, anunciou esta segunda-feira um recolher obrigatório de quatro dias durante o Ano Novo para combater a propagação da pandemia de covid-19.

Durante uma reunião do conselho de ministros, Erdogan afirmou que o recolher obrigatório vai começar na noite de 31 de dezembro e vigorará até à manhã de 4 de janeiro.

O Governo reintroduziu este mês os confinamentos durante o fim de semana, assim como recolher obrigatório noturno perante um aumento nos números de novas infeções e mortes, tendo evitado, até agora, um confinamento total para manter à tona a frágil economia do país.

Erdogan anunciou também apoios aos negócios afetados e prometeu prolongar os descontos nos impostos.

As estatísticas desta segunda-feira do Ministério da Saúde mostraram um recorde de 229 mortes diárias, elevando o total de óbitos para 16.646.

A média de sete dias de infeções diárias tem estado acima das 30.000, o que torna o país num dos mais afetados do mundo.

A pandemia de covid-19 provocou pelo menos 1.612.297 mortos resultantes de mais de 72,1 milhões de casos de infeção em todo o mundo, segundo um balanço feito pela agência francesa AFP.

A doença é transmitida por um novo coronavírus detetado no final de dezembro de 2019, em Wuhan, uma cidade do centro da China.