Coronavírus

Covid-19. Alemanha regista 9.847 novas infeções e 302 mortos em 24 horas

Michael Sohn

A segunda onda da pandemia continua a atingir máximos na Alemanha.

Especial Coronavírus

A Alemanha registou 9.847 novas infeções pelo novo coronavírus e 302 mortes nas últimas 24 horas, segundo o mais recente balanço do Instituto Robert Koch (RKI).

Estes valores são influenciados pelo menor número de exames realizados nos últimos dias devido aos feriados de Ano Novo e porque nos fins de semana nem todos os escritórios regionais transmitem os seus dados.

A segunda onda da pandemia continua a atingir máximos na Alemanha. Em 30 de dezembro, foram registados 1.129 óbitos e em 18 de dezembro, o número máximo de infeções diárias, foi de 33.777.

A incidência acumulada nos últimos sete dias caiu para 139,4 casos por 100 mil habitantes, longe do máximo de 197,6 casos em 22 de dezembro.

Achatar a curva

A taxa de contágio foi reduzida para 0,91, de modo que cada nova pessoa infetada infeta menos de uma pessoa, algo fundamental para achatar a curva.

Os novos números surgem num momento em que acalma o debate sobre a evolução da pandemia no país mais populoso da União Europeia e as medidas necessárias para controlá-la.

Esta segunda-feira, os responsáveis pela educação dos 16 estados federais vão reunir-se com a ministra da Educação, Anja Karliczek, para analisar a situação nas escolas. As férias do Natal foram estendidas até ao dia 11 de janeiro.

Na terça-feira, os chefes dos 16 executivos regionais vão reunir-se com a chanceler Angela Merkel para debater a necessidade de prolongamento das restrições à vida social e à atividade económica impostas em novembro.

Lazer, entretenimento, cultura e restaurantes permanecem fechados. As lojas permanecem abertas com capacidade limitada, o turismo é proibido e o trabalho em casa é recomendado.