Coronavírus

Covid-19. Espanha soma mais de 30.000 novos casos e 241 mortes desde quinta-feira

Jon Nazca

No caso das unidades de cuidados intensivos, os níveis de ocupação de camas registaram um aumento de 21,21% para 23%.

Especial Coronavírus

A Espanha registou 30.579 novas infeções e 241 mortes atribuídas à covid-19 desde quinta-feira, enquanto a incidência acumulada (14 dias) de casos por cada 100.000 habitantes situou-se nos 272,22, menos sete pontos, foi esta segunda-feira divulgado.

No total, e desde o início da crise pandémica, Espanha contabiliza 1.958.844 casos de pessoas que ficaram infetadas pelo novo coronavírus e 51.078 óbitos associados à doença covid-19, segundo os dados disponibilizados pelo Ministério da Saúde espanhol.

O ministério informou ainda, e com base nos dados fornecidos pelas várias comunidades, que atualmente 13.458 pessoas com covid-19 estão internadas nos hospitais espanhóis, o que representa um aumento de 1.925 pacientes em comparação com os dados relativos ao último dia de 2020.

Em termos percentuais, a ocupação das unidades hospitalares situa-se agora nos 11,2% contra os 9,49% verificados na passada quinta-feira.

No caso das unidades de cuidados intensivos, os níveis de ocupação de camas registaram também um aumento, de 21,21% para 23%.

Hoje também as autoridades regionais da Comunidade de Madrid confirmaram que foram identificados naquela região, até ao momento, um total de 16 casos positivos da nova estirpe do novo coronavírus (SARS-Cov-2) que foi identificada inicialmente no Reino Unido, apresentada como mais contagiosa, e que outros 70 casos estão em estudo.

A pandemia da doença covid-19 já provocou pelo menos 1.843.631 mortos resultantes de mais de 85 milhões de casos de infeção em todo o mundo, segundo um balanço feito pela agência francesa AFP.

A doença é transmitida por um novo coronavírus (SARS-Cov-2) detetado no final de dezembro de 2019, em Wuhan, uma cidade do centro da China.