Coronavírus

Hospitais de Coimbra atingiram o limite de resposta à covid-19

Carta enviada por médicos à administração fala em situação gravíssima.

Especial Coronavírus

Os hospitais de Coimbra atingiram o limite de resposta à covid-19. A administração do centro hospitalar garante que está a preparar o aumento do número de camas, mas os médicos avisam que o principal problema é a falta de profissionais para tratar os doentes.

A pressão sobre os serviços de urgência aumentou nos últimos quatro dias e a administração dos hospitais de Coimbra assume que ficou sem camas disponíveis para os doentes infetados.

Um anúncio que surge depois de um grupo de médicos denunciar a falta de capacidade dos serviços para responder a tantos doentes. Numa carta enviada à administração, fala-se numa situação de gravíssima de quebra de assistência aos doentes internados, por exemplo não havendo médicos nas enfermarias ao final da tarde.

Já nas urgências, a denúncia fala de fins de semana com um dois ou dois internistas para quatro salas com pacientes suspeitos de covid-19 e de corredores com um número significativo de doentes.