Coronavírus

Médicos dizem que "há milhares de inquéritos epidemiológicos por fazer"

Alertam para a falta de recursos humanos. 

Especial Coronavírus

O país está com falta de recursos humanos para realizar inquéritos epidemiológicos, essenciais para travar as cadeias de transmissão da covid-19.

Os médicos de Saúde Pública alertam para os milhares que estão por concluir e pedem contratações urgentes.

Em sete dias, Portugal registou 56.435 novos casos de covid-19 e 685 óbitos, números que podem aumentar nos próximos dias. Vacinar é uma das soluções, mas o controlo passa também pela responsabilidade individual.