Coronavírus

Covid-19. Colégios privados interrompem aulas à distância a partir de segunda-feira

A PSP foi chamada a um colégio em Cascais onde mais de 40 alunos iam realizar um exame presencial.

Saiba mais...

Os colégios privados vão acatar a decisão do Governo e vão suspender as aulas à distância, à semelhança do que acontece no ensino público. O dia foi de alguma confusão com privados a tomarem posições diferentes. A PSP foi chamada a um colégio de Cascais que tinha previsto a realização de um exame presencial.

Pelas 09:00 desta sexta-feira, já 20 dos 43 alunos do décimo ano do Colégio St. Domincs, em Cascais, estavam dentro das instalações e prontos a entrar no pavilhão para realizar o exame. A PSP foi chamada após uma denúncia e os jovens foram enviados para casa.

À SIC, administração do colégio diz que não recebeu nenhuma indicação que o exame não podia acontecer, mesmo apesar do decreto do Governo. Tratava-se de uma prova internacional, realizada no mesmo dia em diferentes países.

O primeiro dia com as escolas fechada ficou marcado pela indefinição nos privados: houve colégios nacionais e internacionais que decidiram manter aulas à distância à revelia do Governo. Mas durante a tarde desta sexta-feira, tudo fico esclarecido.

A partir de segunda-feira não há aulas à distância também no privado durante duas semanas. Só é possível dar apoio aos alunos.