Coronavírus

Medicamento que reduz carga viral da covid-19 em 99% é usado no tratamento do cancro

A plitidepsina foi desenvolvida pela farmacêutica espanhola PharmaMar.

Saiba mais...

Um medicamento espanhol, testado em França e nos Estados Unidos, demonstrou ser capaz de reduzir quase na totalidade a carga viral do vírus da covid-19, segundo um estudo publicado esta terça-feira na revista Science.

O grupo de investigadores concluiu que o medicamento é 100 vezes mais eficaz do que o Remdesivir, o primeiro a ser usado no tratamento da doença. Por isso, defende que devem ser feitos ensaios clínicos alargados.

A plitidepsina foi desenvolvida pela farmacêutica espanhola PharmaMar e tem sido utilizada no tratamento de um cancro na medula óssea. Trata-se de um medicamento sintético, à base de uma substância produzida no mar mediterrâneo.

Cientistas resolveram testar o medicamento em dois animais infetados com covid. Nas duas experiências verificaram uma redução de 99% das cargas virais nos pulmões.

Os testes também já começaram a ser feitos em humanos, mas os resultados científicos verficiados ainda não foram divugados.

Veja também: