Coronavírus

Covid-19. Açores apresentam queixa contra homem que viajou com teste positivo

EDUARDO COSTA

Em causa está a prática de "um crime de propagação de doença contagiosa".

Saiba mais...

A Autoridade de Saúde dos Açores participou ao Ministério Público a prática de "um crime de propagação de doença contagiosa" depois de um homem ter viajado de Lisboa para o Faial com teste positivo à covid-19.

Numa nota enviada às redações, a autoridade explica que o homem, "natural do Faial, embarcou em Lisboa, com destino à Horta no voo S4 141, da Azores Airlines, apresentando um teste com resultado positivo ao vírus Sars-Cov-2, contrariando a obrigatoriedade de teste negativo para viagem com destino à Região Autónoma dos Açores".

Mesmo com a possibilidade de "ter existido falha no controle no Aeroporto de Lisboa, o passageiro apresentou um teste com resultado positivo e não qualquer outro que permitisse o cumprimento das regras em vigor para a realização desta viagem", diz ainda a entidade, frisando que "o passageiro realizou o teste no continente, consciente da obrigatoriedade da apresentação do mesmo no momento do embarque".

Por este motivo, a Autoridade de Saúde Regional "decidiu pela apresentação da queixa ao Ministério Público", adianta ainda aquela entidade.

Assim, "o diretor regional da Saúde e cumulativamente Autoridade de Saúde Regional, decidiram participar ao Ministério Público "a prática de um crime de propagação de doença contagiosa" por parte do passageiro em causa.

  • Quem és tu, César?

    Extremos

    Quando a investigação da SIC percebeu que a vida publicada de César do Paço poderia ser fruto da imaginação do protagonista, fizemos alguns esforços para conhecer a verdadeira face do empresário. O essencial dessas descobertas será revelado na Grande Reportagem "Cifrões e outros demónios, 2ª edição", último episódio da série "A Grande Ilusão", mas o detalhe dos dois doutoramentos revelamo-lo já aqui.

    Pedro Coelho

  • 0:23