Coronavírus

Covid-19. "Estamos a viver um dos momentos mais dramáticos da História do país"

Entrevista SIC Notícias

José Fragata, diretor do serviço de cirurgia cardiotorácica do Hospital de Santa Marta, em entrevista à SIC Notícias.

Saiba mais...

"Estamos a viver um dos momentos mais dramáticos da História do país"

José Fragata diz que Portugal está a viver um dos momentos mais dramáticos de sempre. "Esta é uma verdadeira guerra", afirma.

Em entrevista à SIC Notícias, o diretor do serviço de cirurgia cardiotorácica do Hospital de Santa Marta, em Lisboa, destaca o "heroísmo e resiliência de todo o pessoal de saúde" que combate desde o primeiro segundo a pandemia de covid-19.

"Pela realidade crua, talvez agora as pessoas se comecem a consciencializar de que neste momento podem fazer mais pela pandemia do que nós próprios médicos. Se mantiverem as medidas, já é um bom começo", sublinhou.

Doentes não covid

Com os hospitais a todo gás a tentar salvar vidas e curar os doentes infetados com o SARS-CoV-2, muitas cirurgias e consultas tiveram de ser adiadas.

"Há muitos doentes com neoplasias que não estão a ser diagnosticados porque todo o sistema se focou no tratamento da covid", lamentou.

"É altura de começarmos a lançar algumas mensagens positivas"

Apesar da situação que o país atravessa, José Fragata considera que a transmissão de mensagens de confiança e encorajamento são importantes. Mas, alerta: "Primeiro nós temos de desesperadamente aplanar esta curva".

"Se todos nós estivermos em casa, se todos nós usarmos máscara e talvez seja altura para fazer o upgrade das máscaras, de sociais para cirúrgicas. Confinamento, confinamento, confinamento, máscaras, máscaras, máscaras e distanciamento social. É esta a mensagem", apelou.

O diretor do serviço de cirurgia cardiotorácica do Hospital de Santa Marta acredita que dentro de uma semana "vamos estar a ver resultados destas medidas anunciadas pelo Governo".