Coronavírus

Banco Alimentar do Algarve doou "recorde" de três milhões de quilos de alimentos em 2020

JOS\303\211 SENA GOUL\303\203O; JSG_

A ajuda alimentar foi fornecida a mais de 26 mil pessoas na região algarvia.

Saiba mais...

O apoio fornecido pelo Banco Alimentar (BA) do Algarve bateu um recorde com mais de "três milhões de quilos de alimentos" distribuídos em 2020 a mais de 26 mil pessoas, disse à Lusa o presidente da estrutura.

"Pela primeira vez ultrapassámos os três milhões de quilos distribuídos na região em 2020, um número gigantesco", revelou Nuno Alves, sublinhando que a situação continua "difícil" e com "bastantes pedidos".

O número alcançado reflete um aumento de "74,2% de apoio alimentar efetivo" concedido em 2020 também por via da captação de mais donativos, apesar das restrições impostas para conter a pandemia de covid-19, como o facto de não se poderem realizar campanhas em loja.

O responsável adiantou que, neste momento, o BA do Algarve está a apoiar "mais de 26 mil pessoas", um aumento face às "16 mil apoiadas antes da pandemia", através de "119 instituições", também num aumento das "104" de há um ano.

A delegação ainda está a "reunir e analisar" todos os dados de 2020, nomeadamente por concelho, mas Nuno Alves adiantou que voltou a registar "um ligeiro aumento nos apoios em janeiro" já que o número de "destinatários encaminhados pela rede de emergência subiu em relação a dezembro".

A duplicação, desde outubro, do apoio do Estado e da Segurança Social ao abrigo de um programa operacional de apoio a carenciados - prevista até abril de 2022 - permite a distribuição do dobro dos alimentos à população necessitada, centrando a atenção na angariação de verbas por parte do BA.

"Continuamos a trabalhar bastante, não está fácil, mas cá estamos e vamos seguir em frente", referiu, admitindo que a habitual recolha feita no mês de maio é "ainda uma incógnita" e apelando a quem queira fazer uma doação que use os canais oficiais do BA.

Nuno Alves reforçou que é possível doar alimentos diretamente, nas instalações do Banco Alimentar, ou através do 'site' de Internet da instituição alimentestaideia.pt.