Coronavírus

Covid-19. Lisboa tem sete centros de vacinação complementares preparados

Vacinação contra a covid-19 no centro de saúde de Alvalade, em Lisboa

ANDRE KOSTERS/POOL

Estes espaços estão preparados para vacinar cerca de 70 mil pessoas dos grupos prioritários.

Lisboa vai ter sete espaços para administração da vacina contra a covid-19, em alternativa aos centros de saúdes. Um dos locais já confirmado é o Pavilhão Altice Arena, os restantes ainda não são conhecidos.

Nestes espaços complementares serão vacinados cerca de 70 mil pessoas, que fazem parte dos dois novos grupos prioritários: os idosos com mais de 80 anos e os doentes de risco com mais de 50 anos.

Segundo Fernando Medina, presidente da câmara de Lisboa, os sete postos complementares estão prontos a operar e, nesta primeira fase, deverão abranger cerca de 15% da população da cidade. Nesta altura a vacinação decorre apenas em alguns agrupamentos de centros de saúde.

“Nós temos a estrutura preparada: sete centros, cerca de 100 profissionais, 60 enfermeiros e 40 profissionais da proteção civil que, no fundo, organizarão de forma a que este processo de vacinação possa decorrer o mais rápido possível”, explica o autarca.

  • O planeta em que todos vivemos

    Futuro Hoje

    O Planeta Lourenço terá que ser ainda mais simples e eficaz na mensagem. É um risco. Frequentemente, quando me mostram aparelhos ou programas as coisas falham, é o que chamo de síndrome da demonstração. Mas isto acontece na vida real, é assim que vamos fazer.

    Opinião

    Lourenço Medeiros