Coronavírus

Covid-19. Metade da equipa médica do Luxemburgo já chegou a Évora

Médica e enfermeira de cuidados intensivos vêm apoiar as equipas de combate à pandemia.

Saiba mais...

O hospital do Espírito Santo, em Évora, recebeu metade da equipa de profissionais de saúde que vem do Luxemburgo para ajudar no combate à pandemia. Este reforço vai apoiar a área dos cuidados intensivos durante 15 dias. Esta unidade hospital sentiu uma enorme pressão, durante o mês de janeiro, devido ao elevado número de internados com covid-19.

Uma médica e uma enfermeira de cuidados intensivos chegaram no domingo. Filomena Silva Costa é luso descendente e não hesitou em candidatar-se para apoiar Portugal durante os próximos dias na luta contra a pandemia.

O reforço para o hospital do Espírito Santo é um importante apoio no tratamento de doentes covid-19. Apesar de o número de pessoas internadas em enfermaria e unidade de cuidados intensivos continuar a descer, os profissionais de saúde começam a acusar cansaço devido à enorme pressão do último mês.

No próximo domingo chega a Évora mais uma equipa do Luxemburgo, constituída por um médico e um enfermeiro. Vêm apoiar as equipas covid-19 do hospital do Espírito Santo.

  • Vamos falar de jejum: era capaz de ficar 16 horas por dia sem comer?

    País

    O jejum intermitente é um regime alimentar que impõe um período de restrição alimentar. Existem vários modelos, mas o mais conhecido é dividido em 16 horas de jejum e oito horas em que pode comer livremente. Os especialistas reconhecem benefícios nesta prática, mas afirmam que a investigação científica ainda é escassa.

    Exclusivo Online

    Filipa Traqueia