Coronavírus

“A forma como cada português pode salvar vidas é diminuir os contactos”

Entrevista SIC Notícias

Gustavo Carona, médico intensivista do Hospital Pedro Hispano, em entrevista à SIC Notícias.

Saiba mais...

O médico Gustavo Carona defende, em entrevista à SIC Notícias, que não se deve cair no erro de pensar que qualquer tipo de desconfinamento, mesmo faseado, não tenha consequências no número de casos e mortes por covid-19.

O intensivista reconhece que é difícil encontrar uma solução consensual, mas que é fundamental perceber que uma reabertura, “seja em que moldes for”, terá danos irreparáveis, nomeadamente em vítimas mortais. Relembra ainda que os serviços de saúde continuam sob uma “enormíssima pressão” e que, à mínima falha, o sistema pode voltar a descontrolar-se.

“Estamos agora a conseguir voltar a uma espécie de normalidade nos hospitais. Rapidamente isso pode vir a ser desfeito, num curto espaço de tempo as coisas podem tornar-se muito descontroladas”.

Afirma também que não há solução mágica para travar a pandemia, mas que a forma que cada português tem para salvar vidas é diminuir o número de contactos que tem, isto porque explica que “o número de contactos que temos é diretamente proporcional ao descontrolo da pandemia”.