Coronavírus

Hospital de Aveiro passou de sete para três enfermarias covid-19

Eurico Bastos

Eurico Bastos

Repórter de Imagem

Com a pressão a aliviar, retomam-se os serviços hospitalares que tinham ficado em suspenso.

Saiba mais...

O dia 23 de janeiro foi o pior no internamento de covid-19: 172 doentes infetados. O hospital já reduziu as enfermarias dedicadas ao novo coronavírus e vai retomar a 100% as cirurgias de ambulatório

Das sete enfermarias covid-19 que estiveram a funcionar em simultâneo restam agora três no Centro Hospitalar do Baixo Vouga, em Aveiro.

45% de todas as camas do Hospital de Aveiro estavam ocupadas com doentes covid-19, tendo chegado a receber pacientes de Lisboa, Loures, Torres Vedras e Penafiel.

Ainda assim, a administração garante que aqui a situação nunca foi caótica. A cirurgia urgente nunca foi parou e numa sala disponível foram sendo feitas cirurgias prioritárias.

Com a pressão covid-19 a aliviar, retomam-se agora os restantes serviços que tinham ficado em suspenso. A grande maioria dos profissionais de saúde da linha da frente já recebeu as duas doses da vacina.

Os restantes médicos, enfermeiros e assistentes operacionais do Centro Hospitalar do Baixo Vouga devem ser vacinados nas próximas semanas.

  • 2:23