Coronavírus

Covid-19. Paris pode entrar em confinamento durante três semanas 

STRINGER

Proposta foi apresentada pela autarquia e está a ser estudada pelo Executivo.

Saiba mais...

O Governo francês está a estudar a hipótese de colocar Paris em confinamento durante três semanas, para conter a transmissão do novo coronavírus.

O anúncio foi feito esta sexta-feira pelo porta-voz do Executivo, Gabriel Attal.

"Claramente, isto vai ser estudado", disse o porta-voz à France Interradio, admitindo, no entanto, que tem algumas dúvidas sobre os resultados de um possível confinamento na capital.

As declarações do Governo surgem após o autarca de Paris anunciar, na quinta-feira, que ia submeter um plano de confinamento de três semanas para a capital ao Governo.

O primeiro-ministro, Jean Castex, garantiu que França iria impor medidas mais duras, como o confinamento ao fim de semana em Paris e outras 19 regiões, no início de março, caso a transmissão da covid-19 piorasse.

Mais de 85 mil pessoas já morreram em França devido à covid-19

Na quinta-feira, foram registados em França 25.403 novos casos, uma diminuição face à véspera em que tinham sido detetados mais de 30 mil. No total, já houve 3.668.813 casos de covid-19 detetados no país.

A doença fez mais 261 mortos, aumentando assim o total de mortos desde o início da pandemia para 85.582.

Há atualmente 25.317 pacientes internados nos hospitais franceses devido ao vírus, menos 297 do que quarta-feira. 3.430 dessas pessoas estão internadas nos cuidados intensivos.

No país já foram vacinadas 2,7 milhões de pessoas e as autoridades anunciaram esta quinta-feira que a vacinação para as pessoas entre 65 e 75 anos vai abrir-se já em abril, assim como a vacinação para pessoas mais jovens mas com doenças particularmente sensíveis à covid-19.