Coronavírus

PSD quer mais de 300 milhões de euros para a cultura 

Sociais-democratas queres que 2% do fundo de recuperação europeu seja utilizado no setor. 

Saiba mais...

Um ano depois do primeiro caso de covid-19 identificado em Portugal, o PSD quis fazer um balanço da resposta do Ministério da Cultura à pandemia e as conclusões não foram positivas.

Os sociais-democratas acusam a ministra de ter falhado "estrondosamente com as exigências, respostas e medidas destinadas a proteger o setor cultural".

Depois das críticas à ministra da Cultura, Graça Fonseca, o PSD anunciou querer chamar 40 entidades da cultura ao Parlamento, para ouvir as preocupações e propostas para o setor, e apresentou ainda uma medida que entrega à cultura mais de 300 milhões de euros através do fundo de recuperação europeu.

"Afetemos 2% das verbas europeias do mecanismo de recuperação e resiliência que cabem a Portugal às indústrias cultural e criativa", defendeu o deputado Paulo Rios de Oliveira, esta terça-feira numa conferência de imprensa do PSD.

O projeto de resolução, que não tem força de lei, iria ser discutido e votado esta terça-feira, mas a pedido do PS a discussão foi adiada.