Coronavírus

Proveitos turísticos caem 80%. Dados do INE revelam quebras a pique em janeiro  

Maiores descidas em Lisboa, Madeira e Algarve.  

Saiba mais...

Se no ano passado a pandemia já tinha provocado um rombo no turismo, o cenário de crise, este ano, continua a gravar-se.

Foram menos de metade os alojamentos turísticos que começaram o ano de portas abertas. E quem se manteve operacional, não trabalhou para pagar as despesas.

O Instituto Nacional de Estatística (INE) concluiu que em janeiro de 2021 os proveitos da hotelaria caíram mais de 80%.

As maiores descidas registaram-se em Lisboa, na Madeira e no Algarve.