Coronavírus

Pfizer/BioNTech entregam 10 milhões de vacinas extra à UE no 2.º trimestre

CARLOS BARROSO

Entrega total será de mais de 200 milhões de vacinas no segundo trimestre.

Saiba mais...

A União Europeia receberá um total de mais de 200 milhões de doses da vacina contra a covid-19 produzida pela BioNTech e Pfizer no segundo trimestre, informou hoje a Comissão Europeia.

O montante inclui 10 milhões de doses que deveriam ser apenas entregues no terceiro e quarto trimestres, de acordo com uma declaração da presidente da Comissão Europeia.

"Estas 10 milhões de doses elevarão as doses totais [da vacina] de BioNTech-Pfizer no segundo trimestre para mais de 200 milhões", disse Ursula vonder Leyen.

"Esta é uma notí­cia muito boa: dará aos Estados-membros margem de manobra e preenche lacunas nas entregas", acrescentou.

Esta antecipação da entrega de 10 milhões de vacinas para os meses de abril, maio e junho terá ainda de ser aprovada pelos Estados-membros.

O anúncio do acordo entre a Comissão Europeia e a farmacêutica alemã BioNTech e a sua parceira norte-americana Pfizer tem lugar um dia depois de vários Estados-membros, entre os quais Portugal, terem decidido suspender a administração da vacina da AstraZeneca por "precaução", devido à formação de coágulos sanguíneos em alguns dos vacinados.

A Agência Europeia do Medicamento (EMA) está a fazer nova avaliação da vacina contra a covid-19 da AstraZeneca.

Atualmente, há quatro as vacinas contra a covid-19 aprovadas pela EMA: BioNTech-Pfizer, Moderna, AstraZeneca e Janssen (grupo Johnson & Johnson).

Vacinas contra a covid-19: as que estão a ser usadas e as que estão a caminho

Até ao final de fevereiro de 2021 havia um total de 69 vacinas - compreendendo as que estão já em utilização e as que estão em ensaios clínicos, segundo a Organização Mundial de Saúde. Há ainda 181 ainda em desenvolvimento no estádio pré-clínico, ou seja, ainda não foram testadas em seres humanos.

Mais de 2,6 milhões de mortos em todo o mundo

A pandemia de covid-19 provocou, pelo menos, 2.654.089 mortos no mundo, resultantes de mais de 119,7 milhões de casos de infeção, segundo um balanço feito pela agência francesa AFP.

Os países mais atingindos continuam a ser os Estados Unidos, o Brasil, o México e a Índia.

Em Portugal registam-se 16.694 mortes e 814.513 casos de infeção confirmados, de acordo com o boletim mais recente da Direção-Geral da Saúde.

A covid-19 é uma doença respiratória causada por um novo coronavírus (tipo de vírus) detetado no final de 2019, em Wuhan, uma cidade do centro da China.

Links úteis

Mapa com os casos a nível global