Coronavírus

Conselho de Ministros decide se confirma as reaberturas anunciadas no plano de desconfinamento

O Conselho de Ministros mede o risco para os próximos 15 dias e à luz dos números da pandemia decide se confirma as reaberturas anunciadas no plano de 11 de março para o dia 5 de abril.

Saiba mais...

O Governo anuncia esta quinta-feira se o país avança para o próximo passo do desconfinamento. O primeiro-ministro falará esta tarde ao país.

Caso o Conselho de Ministros confirme o que consta do plano, a partir de segunda-feira mais alunos vão poder voltar às escolas e mais espaços vão abrir. Mas António Costa mantém que apesar da evolução favorável da pandemia, o desconfinamento tem de ser encarado com cautela.

Há que fazer a análise dos resultados de duas semanas de vendas ao postigo, escolas abertas para os mais pequenos e de uma relativa sensação de liberdade nas ruas, mas sobretudo os números de menos internados que baixam a pressão sobre o SNS.

A 5 de abril está prevista a reabertura de:

  • 2.º e 3.º ciclos (e ATLs para estas idades);
  • Equipamentos sociais na área da deficiência;
  • Museus, monumentos, palácios, galerias de arte e similares;
  • Lojas até 200m2 com porta para a rua;
  • Feiras e mercados não alimentares (por decisão municipal);
  • Esplanadas (máximo de 4 pessoas);
  • Modalidades desportivas de baixo risco;
  • Atividade física ao ar livre até 4 pessoas e ginásios sem aulas de grupo.

PLANO DE DESCONFINAMENTO: CONHEÇA AQUI TODAS AS MEDIDAS