Coronavírus

Infarmed recebeu 32 pedidos para venda de autotestes à covid-19. Apenas um foi autorizado

Canva

Testes rápidos de antigénio já podem ser adquiridos em farmácias e parafarmácias.

Saiba mais...

O Infarmed recebeu até 30 de março 32 pedidos para autorização de autotestes do novo coronavírus de 21 fabricantes, mas até à data apenas um foi autorizado por ter preenchido todos os critérios, anunciou esta quinta-feira a autoridade do medicamento.

Em comunicado, o Infarmed adianta que, até agora, apenas está autorizado o teste SARS-CoV-2 "Rapid Antigen Test Nasal do fabricante SD Biosensor, Inc, uma vez que deu cumprimento aos critérios definidos, quer na apresentação de 25 testes quer na apresentação de 25 testes destinada a ser fracionada em farmácias e LVMNS [Locais de venda de medicamentos não sujeitos a receita médica] autorizados".

Com vista à autorização de autotestes covid-19 pelo Infarmed, ao abrigo da portaria que estabelece um regime excecional e temporário para a realização em autoteste de testes rápidos de antigénio (TRAg), foram definidos os critérios de inclusão neste regime para sua a utilização de TRAg "de uso profissional por leigos".

Neste âmbito, o Infarmed tem recebido desde 22 de março diversos pedidos que totalizaram 32 até terça-feira relativos a 31 referências de testes (algumas variam na apresentação - número de testes) de 21 fabricantes distintos.

"De todos os requerimentos recebidos, apenas 10 foram devidamente submetidos pelo fabricante, tal como exigido, uma vez que este é o responsável por toda a informação e documentação técnica relativa aos testes", salienta o Infarmed.

Contudo, acrescenta, "mesmo não sendo o pedido devidamente submetido pelo fabricante, o Infarmed tem procedido à verificação de toda a informação que recebe, e tem informado os distribuidores sobre os elementos em falta, assim como, da necessidade de o requerimento formal ser submetido pelo fabricante enquanto responsável pelo teste".

O Infamed explica que existem muitas vezes vários distribuidores para o mesmo teste, sendo necessário assegurar, que apenas um teste é submetido ao Infarmed e sob a responsabilidade do fabricante.

Em alguns casos há vários elementos em falta ou informação pouco precisa

Além do requerimento não ser apresentado pelo fabricante, a autoridade verificou que a maioria dos processos apresenta vários elementos em falta ou informação pouco precisa e insuficiente, designadamente, no que respeita aos estudos de avaliação de desempenho do teste para colheita nasal, perante o método considerado de referência (PCR utilizando amostras da nasofaringe ou orofaringe).

"Em alguns casos os testes apresentados não utilizam a amostra nasal como previsto na referida portaria, utilizando outras amostras como as colhidas na nasofaringe (a qual é restrita a uso profissional devido ao seu grau de invasibilidade no corpo humano), ou não se tratam de TRAg".

Testes rápidos de antigénio nas farmácias

Os testes rápidos de antigénio já podem ser adquiridos em farmácias e parafarmácias através deste regime excecional, uma abordagem que foi também adotada por outros países, nomeadamente pela Áustria e pela Alemanha.

Os autotestes estão disponíveis em embalagens de 25 unidades ou individualmente e os preços variam entre os 6 e os 7 euros.

Estes autotestes podem ser adquiridos por qualquer pessoa, desde que tenha mais de 18 anos. No momento, da compra são esclarecidas todas as dúvidas pelos técnicos, que passaram por uma fase de formação.

Para já estão à venda apenas em território continental, mas, nos próximos dias, também estarão disponíveis na Madeira e nos Açores.

Como se faz um autoteste rápido?

Os autotestes não são sujeitos a receita médica e podem ser adquiridos individualmente ou em kits de 25 unidades.

Poderá fazer o teste sozinho em casa e o resultado surge em 15 minutos. Antes de realizar o teste, comece por ler as instruções e lave as mãos. Só depois é que deve abrir a embalagem.

A zaragatoa deve entrar dois centímetros em ambas as narinas. Depois, coloque a zaragatoa no tubo - que tem um líquido - e faça um movimento de circular. A seguir, deve fechar o tubo e aplicar quatro gotas no dispositivo de leitura do teste. Após 15 minutos irá ter o resultado.

Um resultado positivo no autoteste não serve, por si só, como diagnóstico e será necessário realizar um teste de PCR para confirmar. Nesse caso, deverá entrar em contacto com o SNS24.