Coronavírus

SEF avança com serviço bilingue para agilizar processo de controlo nas fronteiras

Em causa estão todos os cidadãos que cheguem a partir de países aos quais é atualmente imposta a obrigatoriedade de isolamento profilático de 14 dias à chegada a território nacional.

O Serviço de Estrangeiros e Fronteiras (SEF) lançou esta quinta-feira um serviço bilingue para cidadãos provenientes de 14 países para agilizar o processo de controlo nas fronteiras e a disponibilização da informação necessária para o cumprimento de quarentena.

Em causa estão todos os cidadãos que cheguem a Portugal a partir de Reino Unido, Brasil, África do Sul, Bulgária, República Checa, Chipre, Eslovénia, Estónia, França, Hungria, Itália, Malta, Polónia e Suécia, países aos quais é atualmente imposta a obrigatoriedade de isolamento profilático de 14 dias à chegada a território nacional, seja esta por via aérea, terrestre ou marítima.

O SEF anuncia em comunicado que o novo serviço está disponível em português e inglês na Internet e permite o envio antecipado dos dados, que serão posteriormente remetidos à Direção-Geral da Saúde como ferramenta de apoio na localização dos cidadãos sujeitos a cumprir o isolamento profilático, devido à atual situação epidemiológica da covid-19 nos países de origem.

"Após a submissão dos dados pelo passageiro, no qual se inclui a morada do local de destino em território nacional, este receberá na sua caixa de e-mail um pedido de confirmação de endereço, após a qual receberá, pela mesma via, um certificado. Este certificado deverá ser apresentado ao inspetor do SEF no controlo na fronteira. Só após este processo será permitida a entrada em território nacional", explica o comunicado do SEF.

A pandemia de covid-19 já provocou em Portugal 16.848 mortes, entre os 821.722 casos confirmados de infeção com o coronavírus SARS-CoV-2, de acordo com o boletim mais recente da Direção-Geral da Saúde.