Coronavírus

Afastados pela pandemia, associação promove contacto entre familiares com videochamadas

Filomena e Augusto falam com a filha Daniela, que está no Algarve

Na vila da Boi-dobra, na Covilhã, uma Associação de Solidariedade Social, Cerzir Afetos, disponibiliza aos idosos equipamento informático para facilitar o contacto com os familiares.

A iniciativa tem, nesta época da Páscoa, ainda mais singnificado.

Filomena e Augusto falam com Daniela, que está no Algarve. O contacto com os filhos é frequente por telefone, mas hoje o casal ganha outro significado.

Em mais de um ano de pandemia, o casal perdeu a festa do primeiro aniversário da única neta, perdeu uma Páscoa e um Natal em família e as atividades na comunidade em que participavam também não se realizaram.

  • A árdua experiência com a sustentabilidade 

    Mundo

    E se alguém lhe dissesse que passaria a viver num quarto, com eletricidade apenas para pequenos utensílios domésticos, sem aquecimento central, ar condicionado ou água quente. Teria apenas três conjuntos de roupa, sem máquina de lavar ou secar, faria dieta local sem produtos de origem animal e não andaria de automóvel nem de avião?

    Opinião

    João Abegão