Coronavírus

Madeira confirma aulas do secundário na 5.ª feira e do terceiro ciclo no dia 12

Canva

Vacinados cerca de seis mil professores e não docentes e testados cerca de 20 mil alunos esta semana, na Madeira.

Saiba mais...

O secretário regional da Educação, Ciência e Tecnologia da Madeira, Jorge Carvalho, reiterou este domingo que o ensino Secundário vai voltar a ter aulas presenciais a partir de quinta-feira, e o 3.º Ciclo a 12, na segunda-feira seguinte.

O secretário regional adiantou ainda que, durante esta semana, serão vacinados cerca de seis mil professores e não docentes e testados cerca de 20 mil alunos, dos quais 2.200 na Escola Secundária Francisco Franco e os restantes estudantes, cerca de 17.800 de outras escolas, serão testados no pavilhão da Escola Secundária Jaime Moniz.

Jorge Carvalho fez esta observação à margem da cerimónia evocativa dos 90 anos da "Revolta da Madeira", após ter deposto uma coroa de flores junto ao monumento, lembrando a efeméride do levantamento militar contra o governo da ditadura nacional, iniciado na madrugada de 04 de abril de 1931, movimento então composto por forças militares - Destacamento de Caçadores 5, Metralhadoras 1, Regimento de Infantaria 13 e Artilharia 3 - contra o regime do Estado Novo, de Oliveira Salazar, que durou cerca de um mês e destituiu as autoridades militares e civis da ilha.

No seu lugar, os militares nomearam uma Junta Governativa, liderada pelo general Sousa Dias. O movimento de protesto gerou revoltas semelhantes nos Açores e na Guiné, e só foi debelado com a intervenção de forças do continente.

Segundo a Direção Regional de Saúde, a Madeira registava até sábado 8.433 casos confirmados de covid-19; 7.999 recuperações, 71 óbitos e 363 situações ativas.