Coronavírus

Comissão Europeia coloca meta de aprovação do plano de recuperação para junho

O processo só poderá avançar quando for feita a ratificação dos Fundo de Recuperação em todos os estados-membros.

Saiba mais...

A Comissão Europeia prevê que o plano de recuperação possa ser aprovado em junho e que as primeiras verbas sejam transferidas em julho. A meta está, no entanto, dependente da ratificação do Fundo de Recuperação: um processo que está por concluir na Alemanha e em outros nove países.

A Comissão tem dois meses para analisar as reformas e investimentos portugueses e os ministros têm mais um mês para aprovar o plano. Bruxelas já acelera as contas

O problema é que mesmo com os planos aprovados, a primeira tranche só é transferida para os cofres nacionais quando todos os países tiverem ratificado o Fundo de Recuperação. Há dez que ainda não o fizeram: na Alemanha, o processo espera por uma decisão do Tribunal Constitucional, que não tem data para decidir.

O desembolso do dinheiro já não vai ser na presidência portuguesa, mas a aprovação de alguns planos ainda pode ser.

  • 1:51