Coronavírus

Hospitalizações por covid-19 em queda nos Estados Unidos

Damian Dovarganes/ AP

Especialistas acreditam que números refletem o impacto da campanha de vacinação.

Saiba mais...

As hospitalizações por covid-19 nos Estados Unidos diminuiram mais de 50% desde o início do ano. A principal quebra é registada entre os idosos, com uma diminuição superior a 70%.


O número de mortos também caiu, especialmente nas pessoas a partir dos 65 anos. Nesta faixa etária, a mortalidade diminuiu 50% desde janeiro, altura em que atingiu o pico.


Os especialistas acreditam que a campanha de vacinação tem sido responsável pela redução destes números. Dois terços dos idosos do país já completaram a vacinação.
Ainda assim, o número de infeções está acima das 60 mil por dia, sobretudo entre os 30 e os 50 anos.

EUA com 786 mortos e 56.236 casos nas últimas 24 horas

Os Estados Unidos registaram 786 mortos e 56.236 infetados com o novo coronavírus nas últimas 24 horas, segundo a contagem independente da Universidade Johns Hopkins.

Desde o início da pandemia, o país acumulou 570.147 óbitos e 31.915.280 casos da doença. Os EUA são o país com mais mortes e também com mais casos.

O Presidente dos Estados Unidos, Joe Biden, estimou que o país registe no total mais de 600 mil mortos devido à covid-19.

O Instituto de Métricas e Avaliações de Saúde da Universidade de Washington, em cujos modelos de projeção da evolução da pandemia a Casa Branca se baseia com frequência, previu cerca de 610 mil mortes até 1 de julho.

A pandemia de covid-19 provocou, pelo menos, 3.060.859 mortos no mundo, resultantes de mais de 143,8 milhões de casos de infeção, segundo um balanço feito pela agência de notícias France-Presse (AFP).

Em Portugal, morreram 16.952 pessoas dos 832.255 casos de infeção confirmados, de acordo com o boletim mais recente da Direção-Geral da Saúde.

  • 1:55