Coronavírus

Autarca e comerciantes revoltados por Miranda do Douro não avançar no desconfinamento 

Situação vai ser reavaliada na quinta-feira. 

Saiba mais...

O autarca e os comerciantes de Miranda do Douro estão revoltados por terem sido obrigados a encerrar os estabelecimentos às 13:00, no primeiro fim de semana, em vários meses, em que a fronteira esteve aberta.

Este é um dos poucos concelhos que não avançou para a quarta fase de desconfinamento por ultrapassar os 120 casos de covid-19 por 100 mil habitantes, na última avaliação.

A Câmara Municipal de Miranda de Douro chegou mesmo a pedir ao Governo para reavaliar a fórmula de cálculo da incidência de casos, mas sem sucesso.

Apenas na quinta-feira, altura em que será revista a incidência covid, se saberá se Miranda do Douro avança para a atual fase de desconfinamento, em que se encontra a maior parte do país.