Coronavírus

Covid-19. Governo lança programa IVAucher "nas próximas semanas"

MIGUEL A. LOPES

Anunciou o ministro de Estado, da Economia e da Transição Digital.

Saiba mais...

O Governo vai lançar "nas próximas semanas" o programa IVAucher para incentivar o consumo nos setores da restauração, cultura e alojamento, anunciou esta quarta-feira o ministro de Estado, da Economia e da Transição Digital.

"Julgamos que, nas próximas semanas, estaremos em condições de lançar o programa IVAucher, que basicamente se destina a incentivar o consumo nos setores da restauração, da cultura, do alojamento, permitindo aos consumidores recuperarem todo o valor de IVA pago em consumos em períodos seguintes", afirmou Pedro Siza Vieira durante uma audição regimental na Comissão de Economia, Inovação, Obras Públicas e Habitação. "Julgamos que esta é a altura, agora de lançar este estímulo, que incentivará o crescimento da procura", acrescentou.

O 'IVAaucher' é uma das medidas inscritas pelo Governo no OE2021 com o objetivo de incentivar o consumo junto de três dos setores mais afetados com a travagem da atividade económica imposta pela pandemia de covid-19.

Com o 'IVAucher' os consumidores poderão acumular o valor correspondente à totalidade (100%) do IVA suportado em gastos naqueles setores durante um trimestre, e 'descontá-lo', no trimestre seguinte, em consumos nesses mesmos setores.

As estimativas do Governo indicam que com a utilização desta medida os consumidores beneficiem de descontos de cerca de 200 milhões de euros.

Veja também:

  • Merkel: mãe e verbo da Alemanha moderna

    Angela Merkel

    Carinhosamente chamada pelos alemães de "Mutti" (mãe), protagonizou um estilo único de fazer política na Alemanha. Não era uma grande oradora, nem fazia discursos inspiradores, mas a postura pragmática valeu-lhe respeito e admiração. "Merkeln" passou a ser verbo na Alemanha, em alusão à forma como a chanceler toma decisões.

    Ana Luísa Monteiro