Coronavírus

Saída de Portugal da lista de países seguros leva turistas britânicos a regressarem mais cedo a casa

Principais companhias aéreas reforçaram os voos e os passageiros têm pago os bilhetes bastante mais caros.

Saiba mais...

Os turistas ingleses estão a regressar antecipadamente a casa, depois de Portugal ter sido retirado da lista britânica dos países seguros.

As principais companhias aéreas reforçaram os voos e os passageiros têm pago os bilhetes bastante mais caros. É de esperar um movimento de 10 a 12 mil passageiros nos próximos dias, muito longe, ainda assim, do habitual no pico de um bom ano turístico.

No aeroporto de Faro o grande problema tem sido a realização atempada dos testes à covid-19. As filas para os realizar, nos dois postos do aeroporto, aumentam a cada hora.

Apesar de reforçadas as equipas para a realização de testes, e de existirem 126 laboratórios privados no Algarve, alguns com postos de recolha nos hotéis, em todos há a urgência de resultados rápidos.

A partir da próxima terça-feira, as chegadas de Portugal estão sujeitas a quarentena de 10 dias e três testes à covid-19: um rápido antes de embarcar e dois PCR, um ao segundo e outro ao oitavo dia.

Veja também: